sábado, março 12

 

Para que o ex-poder não caia na rua...


... o Expresso anuncia que um das possibilidades para arranjar sustento a Santana Lopes é atribuir-lhe «um cargo simbólico como, por exemplo, consultor da Caixa Geral de Depósitos – à imagem do que sucedeu com António Guterres quando abandonou S. Bento, em 2002.» Quando, dentro de dias, forem publicados os relatórios e contas anuais das instituições financeiras, os nossos liberais de estimação não deixarão de realçar as virtudes da gestão privada. Sem mencionar as peripécias que envolvem a gestão das entidades que fazem parte do sector público empresarial.

Comments:
Na sequência da extinção do IPE e portanto do seu posto de trabalho, Guterres optou por outro lugar no sector empresarial do Estado e não por se reformar. A situação é bem diferente!
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?