terça-feira, março 29

 

Cenas da vida empresarial


Na sequência da tentativa de impedir, na última semana, a descarga de um navio carregado com madeira exótica no porto de Leixões,
ambientalistas da Greenpeace e da Quercus bloquearam hoje o acesso à Vicaima - Indústria de Madeiras e Derivados, S.A., cujo lema é «Portas inspiradas na vida». A empresa é acusada pelos ambientalistas de trabalhar com madeira exótica não certificada proveniente da Amazónia.

Ao chegarem esta manhã às instalações, os administradores da Vicaima não gostaram do que viram. O proprietário, Álvaro Pinho da Costa Leite, que também possui o Finibanco, tratou logo de demonstrar o seu desagrado, sovando um operador de câmara da SIC; um outro administrador, filho do proprietário, não quis ficar atrás do pai e foi aos fagotes de um dos manifestantes que estava acorrentado aos portões da empresa. À antiga portuguesa, como se vê.

A Greenpeace e a Quercus agradecem a publicidade gratuita. O mundo fica a conhecer melhor o tecido empresarial português – e como o tempo não passa em Vale de Cambra.

Comments:
Os trogloditas da família Pinho andam s/ açaimo e s/ vacina contra a raiva
 
com o rei na barriga e mierda na cabeça!
 
Os industriais europeus que temos ...
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?