quarta-feira, fevereiro 9

 

Primeiras páginas do século passado [13]


Assim ia o país no dia 29 de Abril de 2000. Santana Lopes faz um ultimato ao PPD/PSD: ou o seu partido muda de vida ou ele muda de partido. O futuro líder do PPD/PSD considera imperiosa a reorganização do centro-direita e mostra-se convicto de que esse processo conduzirá inevitavelmente à formação de um novo partido. Se será ele ou não a liderar essa nova força política é uma questão que deixa nas mãos dos seus companheiros sociais-democratas.

O Expresso, que parece não conhecer suficientemente bem a realidade nacional, mostra-se surpreendido com a circunstância de mais de dois mil telefones da rede fixa de Luanda, com cerca de 55 mil assinantes, estarem sob escuta dos serviços de segurança do Estado».

Sublinhe-se ainda que o 1.º de Maio será, este ano, muito diferente na China, parecendo que o lema é agora algo como «consumir é glorioso». Os chineses terão, neste 1º de Maio, a maior «ponte» de sempre: sete dias de descanso, que começam na segunda-feira e terminam uma semana depois. Estas miniférias têm a mesma duração das da passagem do ano lunar, a maior festa da China e que, para muitos chineses, constituem as únicas férias do ano. João Miranda
há-de explicar-nos que a liberdade tem custos.


Comments:
Estas notícias do século passado são excelentes para nos dar a certeza de que a memória é mesmo curta. Os volteios que a vida nacional deu em tão poucos anos!
 
Santana o fim está a chegar.
 
Se Santana disse que ou o partido mudava de vida ou ele de partido... o partido mudou de vida para que ele não mudasse de partido. Agora, o partido diz-lhe que ou ele muda de partido ou o partido fica sem vida.
 
O Santana é um monte de problemas permanente .
 
Este Santana se formar um novo partido ainda vao ser extinto pela nova lei que pretende passar em que se ilegaliza partidos com duas eleições legislativas com menos de 15 mil votos.À grande Santana....


www.blocoesquerdaprocaralho.blogspot.com
 
Novo partido do Santana?

Hum... Que tal «Liberal Social Democrata»?
As siglas não estariam de acordo com o seu alucinado dirigente?
 
JPP ao comentar essa entrevista da forma que o fez, mais uma vez me dá razão quando afirmei o que afirmei no meu 3º post de 27 de janeiro. Não precisam lá ir, eu repito aqui: Pacheco Pereira mostra aqui que o que o move nesta sua cruzada contra o seu próprio partido é uma crise de gerações. Apenas e só.
Tem mais quatro semanas para dar cacetada. Depois acabou-se.
P.S o "aqui" é um link ao público.
Saudações Afonsinas
P.P.S Considerem-se linkados! :)
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?