segunda-feira, janeiro 3

 

Perguntas de algibeira [programas eleitorais] (2)


Salvo erro, as propostas sectoriais para a elaboração do programa eleitoral do PS deveriam ter sido hoje entregues. A circunstância de a generalidade dos partidos elaborar os seus programas no segredo dos deuses (e de supetão) suscita algumas questões:

1. Não é suposto que partidos organizados tenham um programa político a partir do qual governam ou apresentam propostas na Assembleia da República (se tiverem representação parlamentar)?

2. Admitindo a hipótese de, no decurso de uma legislatura, a correlação de forças na Assembleia da República se poder alterar, com que programa político se dispõe a governar um partido (ou uma outra coligação) que estivesse na oposição?

3. Os programas não deveriam ser concebidos e desenvolvidos em comunhão com os eleitores aos quais se destinam?

4. O facto de os programas serem elaborados no segredo dos deuses não significa que os partidos receiam que as «suas» propostas possam ser apropriadas pela concorrência, o que faz crer que é cada vez mais ténue a linha de demarcação entre os principais partidos?

Comments:
É a alternância sem alternativa.
Mais do mesmo com um matiz diferente.
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?