quarta-feira, janeiro 19

 

Notícias da coligação [3]


Num comício ontem realizado na Casa do Povo de Mira,
Santana mandou recados para o interior do PSD: «Aqueles que me contestam, no dia 20 vão estar todos disponíveis para trabalhar comigo. Vão ver se aqueles que criticam não vão aparecer a meu lado a dizer 'somos todos sociais-democratas, vamos trabalhar por Portugal'».

Mas o ainda líder do Governo da malta da discoteca não deixou também de se referir ao Presidente da República (e à herança barrosista): «Começa a estar claro o que aconteceu, o golpe político que foi preparado para o PS regressar ao poder, apanhando-nos na fase mais difícil da governação, quando estávamos a pagar a fava, os custos do que nos tinham deixado».

Comments:
Isto não está fácil!!!PSL está a ver o futuro muito negro, os nervos estão à flor da pele e os dislates sucedem-se a um ritmo avassalador.
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?