sexta-feira, janeiro 28

 

Impostos directos e indirectos


Os impostos indirectos penalizam indiscriminadamente toda a população, sem ter em conta a sua situação económica. É através dos impostos directos que pode fazer-se a «redistribuição» dos rendimentos. Sabe como evoluiu a situação no
consulado Barroso-Portas?

Comments:
Esta teoria tem muito que se lhe diga.

Dada a enorme fraude fiscal que para aí vai, os impostos diretos estão longe de recair, como deveriam, preferencialmente sobre os "ricos".

Certos impostos indiretos, por outro lado, podem recair de facto sobremaneira nesses "ricos". Por exemplo, o imposto automóvel e o imposto sobre os produtos petrolíferos. Sendo certo que os pobres não têm carro, ou então têm-no mas utilizam-no pouco.

A título de exemplo, já vi o sapateiro remendão da minha rua (que aliás é uma excelente pessoa, e a cujos serviços recorro regularmente) ao volante de um Mercedes.

Quantos empresários, donos de um pequeno café ou restaurante, não terão elegantes casas e carros, quando a sua empresa dá sistematicamente prejuízo? Não hão-de ser poucos...
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?