quinta-feira, dezembro 2

 

Santana descartável

.
PPM, que passa por ser o assessor do ministro Paulo Portas para a blogosfera, quebrou o silêncio para anunciar que não é problema para o PP divorciar-se de Santana e tomar-se de amores por outro parceiro do PPD/PSD que se revele interessado em juntar os trapinhos. Sublinha também que atribui a responsabilidade pela ruptura ao partenaire.

A publicação deste anúncio acontece quando o PPD/PSD se pôs de cócoras, admitindo uma coligação para as eleições depois de Portas ter divulgado que o PP iria dar início à preparação de listas autónomas; acontece quando
Macário Correia vem exigir a renúncia de Santana; acontece quando Pacheco Pereira continua com os lancinantes apelos ao regresso do homem providencial de Boliqueime. O arraial começou... mas não é preciso ler nas estrelas para perceber que Santana (e o resto da malta da discoteca) vai ser tirado de cena. O suspense reduz-se agora a um pequeno detalhe: isso acontecerá antes ou depois das eleições?

Comments: Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?