domingo, dezembro 19

 

A PGR não vê a SIC Notícias?


Paulo Portas quer à viva força concluir o negócio dos blindados antes de ser forçado a abandonar o Governo. O Pula Pula já aludiu ao negócio e aos expedientes de que Portas lançou mão para tornar irreversível a aquisição de material de guerra em tempo de crise, cujo custo estimado é de cerca de 350 milhões de euro.

Faltava ouvir Paulo Portas. O ministro, vestindo a pele de Paulinho das feiras, foi à SIC Notícias – e falou dos blindados. A SIC Notícias ouviu alguém ligado à Mowag, a empresa preterida no «concurso», que fez o «contraditório». Como o Pula Pula deu conta, tanto a Mowag como a Steyr-Daimler-Punch (a empresa à qual foi adjudicada a aquisição dos blindados) pertencem à General Dynamics, um gigante ligado às indústrias de defesa e aeronáutica, sedeado nos Estados Unidos.

Paulo Portas, para justificar a seriedade do procedimento concursal, afirmou que não houve reclamações por parte da Mowag. Afinal, como a SIC Notícias revelou, houve, apesar de se tratar de duas empresas do mesmo grupo. Só que o presidente da Mowag foi despedido pela empresa-mãe depois de ter escrito duas cartas a protestar contra a forma como o processo decorreu, cartas que o Ministério da Defesa terá ignorado.

De imediato, Paulo Portas larga outro trunfo: as «duras conversações» que travou com a Steyr-Daimler-Punch terão permitido poupar cerca de 200 milhões de euro. A SIC Notícias informa no entanto de que esta «poupança» não resultou da compressão da margem de lucro da multinacional americana, mas da redução do número de unidades a entregar: estavam previstos inicialmente 322 blindados, mas vão ser construídos apenas 260.

A SIC Notícias deu ainda conta de outras anomalias no «concurso», designadamente as relativas ao incumprimento dos 243 requisitos essenciais por parte da Steyr-Daimler-Punch. Aliás, a SIC Notícias refere que o contrato contém cláusulas que não se verificam em mais parte nenhuma do mundo.

Perante este quadro, teremos de concluir que a Procuradoria-Geral da República, instituição à qual incumbe a defesa da legalidade, não vê a SIC Notícias?

Em tempo – Importa ler também o post de Ana Gomes, intitulado
Portas-aviões, sobre «o folhetim da compra dos aviões C-130J, da Lockheed Martin, escolhidos pelo Ministro da Defesa Paulo Portas para substituir os A400M da Airbus europeia - que antes tínhamos encomendado, sendo co-produtores e co-proprietários, com evidentes vantagens para a industria aeronautica e outras industrias nacionais de alta tecnologia

Comments:
O Portas não vai preso ?????????????????
 
Não acredito na Procuradoria, para que possa agir em certas esferas do poder político!
É alto de mais...e parece que padece de vertigens!
 
A PGR ? Nem para o Carlos Cruz chega ....
 
Além do PGR também o PS, o PC e o BE não vêm a SIC Notícias ...
 
mas o k é k se passa neste país ?
 
a corrupcao e' uma actividade economica tao normal como outra qq
 
Fiz as contas.
A redução do numero de blindados apenas justifica uma redução de preço no valor de 100 milhões de euros (nºs redondos).
O Paulo Portas poupou realmente 100 milhões de euros.

Outras perguntas:

As empresas fazem parte do mesmo grupo ou têm ligações cruzadas? Empresas com participações cruzadas há imensas por esse mundo fora. No ramo automovel quase todas as empresas têm participações cruzadas.

O despedimento da Mowag foi despedido por causa deste processo ou por outros motivos? Qual é a versão oficial se é que a há?

Quais são os requesitos que não são cumpridos? Pelo menos os mais significativos.
Quais são essas clausulas originais? São elas boas ou más?

Sem saber as respostas a estas perguntas fico sem opinião formada. Mas parece que foram poupados quase 100 milhões de euros.
 
Eu também fico sem opinião formada.

Além de tudo o mais, não me parece nada evidente o postulado de Ana Gomes, e aparentemente também do Pula pula pulga, de que Portugal deveria comprar preferencialmente material militar europeu, e desprezar multinacionais norte-americanas. Não é que eu tenha qualquer amor particular a estas últimas, mas também não o tenho às europeias.

Luís Lavoura
 
.
.
.
.
As comissões, meus amigos, as comissões ... para quê esta pressa toda ?
.
.
.
.
 
--------
--------
O Paulo Portas tem uma boa imprensa. Qual é o outro político que não teria sido já crucificado com tais contradições ?
 
Pulga, contrariamente ao Bagão, o Portas não lê o Pula.
O Portas continua a ser o seu calcanhar de Aquiles. Há por aí qualquer coisita mal resolvida.
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?