domingo, dezembro 5

 

Bas-fond


Apito Dourado (aos soluços), tráfico de influências, corrupção activa e passiva, árbitros e dirigentes envolvidos, economia subterrânea, financiamento dos partidos, telefonema de Valentim a Durão, após a sua detenção, a garantir-lhe que não abriria a boca, António Araújo, sócio de Reinaldo Teles (e empresário de jogadores de futebol em ascensão na Torre das Antas), proibido de contactar alternadeiras e prostitutas, Pinto da Costa, constituído arguido, a apresentar autobiografia, dirigindo-se para um dos presentes na cerimónia de lançamento do livro: «General
Ramalho Eanes, o meu Presidente». Há alturas em que as peças estão todas encaixadas como num jogo do Lego.

Comments:
é a taralhândia
versão nossa da twilight zone
 
Eanes: o representante de Pinto da Costa no Conselho de Estado.
 
O Pinto da Costa e o Eanes eram financiados pelo comendador Gonçalves que construiu a Torre das Antas em parceria com o Pinto da Costa. Samarra era a alcunha dele nos meios do contrabando de bacalhau.
 
Será que Eanes mais a inefável Manuela estarão na próxima 3ª feira junto ao tribunal de Gondomar a acompanhar a claque dos super dragões?
 
Bem apanhado o título da posta !!!!!!!!
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?