sexta-feira, novembro 5

 

Aqui há gato ou gralha?


Sabe-se como Morais Sarmento anda assanhado. Substituiu a administração da holding da RTP e da RDP. Não perdeu tempo, entrou pela RTP2 e virou aquilo do avesso, deixando lá um santanista de segundo plano a fazer de capataz. Depois avisou José Rodrigues dos Santos de que ele estava «em avaliação», o que, por outras palavras, significa que considera insuficientes os fretes que o Telejornal faz. Ao mesmo tempo, incumbiu os cristãos-novos Marques & Marques (Almerindo e Luís) de colocar um vasto conjunto de profissionais competentes na prateleira, para agora os ir «convidando», um a um, a rescindir contrato.

Neste quadro idílico, Vital Moreira escreve um post, no qual dá conta de que o «líder do PS José Sócrates anunciou hoje a intenção de limitar o sector público da comunicação social aos órgãos de serviço público (ou seja, essencialmente a RTP e a RDP), os quais gozam de garantia constitucional e estão sujeitos a um regime próprio que garante a sua independência face ao Governo» [sublinhados do Pula Pula].

Se não se tratasse de Vital Moreira, que pensariam os leitores de alguém que dissesse que a lei garante a independência da RTP e da RDP «face ao Governo», em especial num momento em que os rapazes de Santana estão a pôr a ferro e fogo, como nunca aconteceu desde o 25 de Abril, toda a comunicação social, a «pública» e a «privada»?

Comments:
O que se estranha não é a pressão que estes (bons!)rapazes estão a fazer sobre a comunicação social, é a passividade com que esta está a aceitar a coisa. Foram muitos anos a fazer fretes a tudo quanto cheirava a poder, não foi? Agora, enquanto há os que nem estranham, outros têm o rabo demasiado preso. Contas feitas, equivalem-se todos, governantes e governados. governam-se o melhor que podem.
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?