quarta-feira, outubro 6

 

Reminiscências de 6 de Outubro


Hoje, há 13 anos, Cavaco Silva alcança a sua segunda maioria absoluta: obtém 50.6 por cento dos votos, deixando o PS de Sampaio a grande distância (com 29.13 por cento). Guterres tem um chilique em directo: «'tou em estado de choque!» Sampaio demite-se de secretário-geral. Cavaco Silva tem o país real a seus pés e uma oposição que não atrapalha. Um «oásis», como viria a qualificar a situação Braga de Macedo. Saber-se-á mais tarde que o legado de Cavaco não agrada a gregos nem a troianos: a saúde, a educação, a justiça, a segurança social e o sistema fiscal continuam adiados. A História registará que Cavaco Silva, que se proclama um seguidor de Bernstein (como Sócrates), cortou na ponte do Carnaval mas não tocou no Estado-Providência. Um dia, alguém será tentado a distribuir pontes para desmantelar o Estado-Providência. Esse dia pode ter chegado 13 anos depois - perante a passividade do ex-líder da esquerda do PS, um tal Dr. Sampaio.

Comments: Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?